Loading...

GUIA DO JEANS: O MODELO INDULTO IDEAL PARA VALORIZAR CADA TIPO DE CORPO

Home / Sem categoria / GUIA DO JEANS: O MODELO INDULTO IDEAL PARA VALORIZAR CADA TIPO DE CORPO

Indispensável em qualquer guarda-roupa feminino, o jeans, além de ser atemporal, é capaz de se adaptar a todos os estilos e formatos de corpo. O segredo está em encontrar o modelo certo.

Indulto-Jeans-o-jeans-ideal-para-cada-tipo-de-corpo

Flare, skinny, reta, jegging… Opções não faltam! Mas o que vale na hora da escolha é optar por aquele que mais respeite o formato do seu corpo. Ele não pode jamais achatar o bumbum, apertar a cintura ou colocar as proporções para fora.

Confira as dicas que vão te ajudar a encontrar o jeans Indulto perfeito!

SKINNY
Boa para: evidenciar o quadril

skinny

Amada pelas brasileiras, o modelo justinho valoriza as curvas e é facilmente adaptável. Mulheres mais baixinhas, por exemplo, devem apenas evitar que este tipo de calça fique acumulado no tornozelo para impedir o achatamento e um acabamento feio. Por isso, fazer bainha é indispensável. Investir no saltão e na cintura alta também são ótimos truques para alongar a silhueta.

Brincar com as proporções também é importante para equilibrar a modelagem superjusta. Invista em tricôs cropped, blusas estilo cigana com ombros de fora, tops mais volumosos e camisetas oversized amarradas no quadril.

FLARE
Boa para: disfarçar o quadril

Flare
O segundo modelo mais querido das brasileiras tem a cintura mais alta e boca ampla, estilo anos 70. Por isso, ela leva vantagem quando a ideia é neutralizar o quadril largo. Ela direciona o olhar para a barra.

Outra vantagem do modelo é a sua capacidade de alongar a silhueta. Não à toa, exige comprimento superlongo – quase arrastando no chão – e salto alto. Ideal para compor um look de trabalho!

RETA
Boa para: afinar a silhueta

reta

A tendência “normcore” transformou a calça reta em uma peça-chave da estação. Ela fica entre a skinny e a boyfriend. Por isso, é superprática. Na hora de usar, ela sugere dobrar a bainha e deixar o tornozelo à mostra. Isso dá a ilusão de que a canela é mais fina, criando a ilusão de óptica tão desejada. O shape reto permite ainda que a proporção do quadril seja neutralizada com facilidade.

Camisetas, botas de cano curto e sandálias estilo Birkin são seus parceiros ideais.

JEGGING
Boa para: garantir conforto e assumir as curvas

jegging
Apesar de não ser uma tendência, a jegging é uma boa alternativa para ter no closet. Fica ótima com os tênis, que saíram da academia e ganharam os looks do dia a dia, e é garantia de conforto.

A LAVAGEM CERTA
Assim como a modelagem, as lavagens também proporcionam efeitos distintos. As mais escuras – azuis e pretas – ajudam a “afinar” as coxas, tanto quanto o corte reto. São superneutras. Já as mais claras, cheias de puídos, dão volume à região, assim como as estampas.

Uma super dica: Se você é muito baixinha, o ideal ainda é evitar desgastes horizontais, como os famosos bigodes de gato, que se concentram na região íntima. Eles achatam a silhueta! O ideal, nesse caso, é investir em peças que tenham manchas concentradas verticalmente no centro das coxas.

Replique!

Comments(0)

Leave a Comment

Mostrar
Esconder